O projeto vencedor da 3.ª edição do Orçamento Participativo Jovem – “Mãos que falam”, das proponentes Bárbara Pereira e Sara Dias, será promovido no Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa, que se assinala quinta-feira, dia 15 de novembro. Recorde-se que “Mãos que falam” foi a proposta vencedora da 3ª edição do Orçamento Participativo Jovem de Amarante com 39.6% dos votos.

O musical infantil a “Fada Juju e a Escola Mágica” será apresentado a cerca de 600 alunos do 4.º ano do ensino básico, público e privado e das unidades de multideficiência. “Fada Juju” é uma personagem criada por Paula Teixeira, cantora, autora, compositora e intérprete de língua gestual portuguesa, cujo principal objetivo é ajudar crianças a derrubar barreiras, medos e preconceitos, bem como a encarar a diferença com naturalidade, em especial das pessoas com deficiência auditiva. Ao longo deste dia serão apresentados 4 espetáculos, no Cinema Teixeira de Pascoaes, cada um com a duração de 60 minutos.

Para as proponentes Bárbara Pereira e Sara Dias “este musical diferente pode ser mais um impulso para a constante construção de uma cidade mais inclusiva e dinâmica”.

Esta iniciativa está inserida na IV edição de Amarante de Igual para Igual em particular na temática “Viver de Igual para Igual” que integra as ações na área da deficiência e da não discriminação.