No passado dia 24, nas vésperas da celebração da revolução de abril, Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, apresentou os candidatos à Assembleia Municipal de Penafiel e à Assembleia de Freguesia de Penafiel. O evento, que o candidato à Câmara de Penafiel designou de “revolução”, teve lugar numa paragem de autocarro na Praça da Escritaria, paragem que Vitorino Silva referiu ser o ponto de partida da “revolução” em Penafiel. O cabeça de lista à Assembleia Municipal, da candidatura TOP, candidatura de Tino de Rans, é Pedro Couto, professor universitário na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Para a Assembleia de Freguesia de Penafiel, Vitorino Silva escolheu Filipa Oliveira, gestora de recursos humanos. O candidato independente classificou a sua candidatura como uma candidatura “de um homem que conhece Penafiel de cor. É uma candidatura consciente e responsável.” Referiu. Alegando colocar o povo no lugar cimeiro da sua condução política afirma: “Vou ao encontro do mais nobre que a política tem, o povo. Aquele povo avulso, aquele povo anónimo e livre que não tem o corpo nem a mente hipotecada a ninguém.”